Jonas Madureira, na palestra Desenvolvendo uma Mentalidade Cristã, afirmou que todos os discursos proferidos possuem como único objetivo dominar a mente de seus ouvintes. Com certeza, tal fala aplica-se perfeitamente a contemporaneidade. O professor universitário que, sim, pretende dominar a mente de seus alunos. O político que deseja nos convencer em seu discurso. O líder religioso quer nos convencer de suas verdades… Ora, em tal contexto, como os seguidores da Verdade que liberta devem se comportar? Como viver e explicar um mundo que é cercado por ideologias que o tentam explicar diariamente e querem nos convencer de que estão certas? Afinal de contas, é correto um cristão tomar partido entre estas causas? Tais questões são urgentes para cristãos e a maneira correta de tratá-las é falando de COSMOVISÃO e COSMOVISÃO CRISTÃ.

O conceito de Cosmovisão é uma nomenclatura que a filosofia tem utilizado para definir as maneiras que os seres humanos enxergam o seu redor. A palavra é formada de dois termos: Cosmos, que significar mundo, e Visão, de enxergar. Ou seja: Cosmovisão nada mais é do que a forma que o indivíduo enxerga o mundo que está ao seu redor. É exatamente por isto que a analogia mais famosa para explicar o conceito de cosmovisão é a imagem que ilustra o presente texto: os óculos. Pense o seguinte: os óculos servem para melhorar a nossa visão, correto? Os óculos intermedeiam nós do que vemos. E existem óculos diversos, não? Um óculos cujas lentes são verdes nos levam a enxergar tudo verde. Óculos azuis nos dão a impressão de estarmos entre smurfs. Óculos de grau nos ajudam a enxergar melhor. Assim também é a cosmovisão. Ela nos ajuda a explicar o mundo e os seus eventos assim como os óculos nos ajudam a ver melhor e o que a cosmovisão que adotamos é, corresponde às nossas explicações dadas, assim como os óculos, entende?

Atualmente temos visto muito as pessoas manifestarem a sua cosmovisão. Por exemplo: lembra do caos penitenciário brasileiro? Pois é. Lembra que as pessoas deram explicações diferentes para o explicar o fato? Progressistas afirmavam que o que estava acontecendo era totalmente inadmissível e que algo deveria ser feito em nome dos Direitos Humanos. Pessoas à direita do espectro político diziam que inadmissível era o governo se preocupar com criminosos matando criminosos e que não tem Direitos Humanos para bandidos. Percebe que o fato é o mesmo, mas as maneiras de vê-lo (explicá-lo) são totalmente diferentes e até mesmo antagônicas entre si? Aí está o conceito de Cosmovisão em prática.

Uma outra famosa e também interessante analogia para explicar a Cosmovisão é a história dos cegos e dos elefantes. Trata-se de um elefante que é apalpado por pessoas cegas. Elas  não estão vendo o que estão tocando e por isto cada uma dá uma resposta diferente quando perguntado o que elas estavam tocando. Quem fazia carinho na tromba do elefante dizia que estava tocando em uma mangueira. Quem estava apalpando as pernas do animal achavam que na verdade era alguma árvore, etc. Da mesma maneira ocorre com as cosmovisões. O objeto é o mesmo, mas cada um dá uma explicação diferente. Lembra dos óculos? Agora responda: quem usa óculos consegue ver as lentes quando está enxergando? O recomendado é que não. As cosmovisões são assim também: muitas vezes inconscientes! O indivíduo pode não ter todo o arcabouço teórico de suas opiniões, mas a sua mente já pertence a uma cosmovisão e é com ela que ele enxerga e explica o mundo ao seu redor.

Toda essa introdução teórica foi apenas para lhe informar que todo indivíduo é devidamente norteado por uma cosmovisão, uma visão de mundo. “Tudo bem, Natanael, eu já entendi, mas onde entra o Cristianismo nisso?”, você deve está se perguntando. É simples: o Cristianismo também é uma Cosmovisão! “Como é?” Sim. Calma que eu vou explicar…

A verdade é que o dualismo que divide o mundo entre o sagrado e o secular acabou por limitar o campo de atuação de cristã, assim, por tal cosmovisão, entendemos que a fé só se relaciona com as práticas religiosas, enquanto o cotidiano não tem nada a ver com Deus. Neste sentido, esquece-se algo bastante importante para a fé cristã: a soberania exaustiva de Deus! A Bíblia afirma claramente que Deus, além de ter criado o mundo e tudo o que nele há, é Senhor sobre tudo aquilo que Ele mesmo criou e segue exercendo a Sua toda boa, perfeita e agradável vontade sobre a Sua tão perfeita Cristã. Assim sendo, é um erro pensarmos que a Revelação Santa aplica-se tão somente ao religioso. Já dizia Abraham Kuyper que “não há um centímetro sequer da existência humano em que Deus, que é o único Senhor de tudo e de todos, em Jesus Cristo, não diga: é meu!” Ora, se tudo pertence a Deus, como supor que o arte que fazermos, o ofício que se exerce, a família que amamos, os livros em que estudamos, não pertencem ao Criador? E se o é, será mesmo que não pode haver interferência da fé?

Como se pode notar, a ideia de um Deus soberano é o pontapé inicial para as reflexões de Cosmovisão Cristã. O texto de Romanos 12:02 fala de mentes renovados e é exatamente assim que deve ser a mente cristã: renovada! A obra de redenção de Cristo atinge cada área de nosso viver. Dessa maneira, não é mais suficiente viver a vida compartimentalizando-a, mas conforme diz o Texto Sagrado: tudo fazer para a glória do Eterno. É urgentemente necessário vivermos crendo que o Cristianismo é suficiente necessário para explicar todas as coisas e é exatamente Ele que devemos usar para explicar o mundo ao nosso redor.

Existe muito ainda a ser dito sobre Cosmovisão, mas creio que esta pequena introdução oferece os subsídios primários acerca do tema. Que possamos viver sabiamente no presente século, pensando e vivendo para a glória de Deus.

 

RECOMENDO:

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s