Por que gostamos tanto do novo clipe da Taylor Swift?

Texto da Brenda Vanin, em seu blog pessoal, Viver Na Plenitude 🙂

viver na plenitude

Ocorreu nesse fim de semana o Video Music Awards (VMA), onde a cantora Taylor Swift estreou o clipe da sua nova música ”Look What You Make Me Do”. Na segunda-feira (28/08), o vídeo quebrou o recorde de ”Hello”, da cantora Adele, de maior visualização em 24h.

O clipe, muito bem produzido e cheio de significados ocultos, mostra Taylor encarando todas as polêmicas em que ela se envolveu nesses anos de carreira, bem como tudo que já falaram sobre ela na mídia. Eu, particularmente, apesar de não gostar mais do universo da música pop, me interessei pelo tema e, quando comecei a assistir, percebi de logo nos primeiros minutos que a cantora não estava para brincadeira.

Pelo tanto de visualizações, percebemos que a cantora conseguiu o que queria e está fazendo sucesso. Vemos o clipe dela e pensamos: ”Que mulher! Não se deixou abater por todas essas coisas contra ela, mas…

Ver o post original 320 mais palavras

Anúncios

Parem de querer bater metas!

Século XXI, fast-food, rapidez, GPS, mídias sociais, fama, séries, perfeição. Vivemos um tempo onde o mais fácil é o melhor. Perder tempo? Nem pensar. Somos jogados todos os dias a uma bolha de informações que nos dizem: compre, alugue, venda, ganhe, conquiste. É um ciclo vicioso de ganhos em busca da satisfação pessoal. Acabamos que … Continue lendo Parem de querer bater metas!

Refletindo sobre Orphan Black: Brincando de ser Deus

''Orphan Black'' é uma série de drama e ficção científica que estreou em 30 de março de 2013 e chegou ao fim recentemente, em 12 de Agosto de 2017. Comecei a assistir graças a minha curiosidade sobre as diversas personagens interpretadas pela Tatiana Maslany e fui surpreendida com verdades escondidas na série e que pretendo … Continue lendo Refletindo sobre Orphan Black: Brincando de ser Deus

TRÊS COISAS QUE EU APRENDI ASSISTINDO DEADPOOL

  Introdução Ano passado os aficionados por super heróis não souberam lidar com a notícia de que, enfim, iria surgir o primeiro longa de Deadpool, o herói politicamente incorreto do universo Marvel. Deadpool nada mais é do que Wade Wilson, um ex-militar e mercenário que após se apaixonar pela prostituta Vanessa (interpretada pela brasileira Morena … Continue lendo TRÊS COISAS QUE EU APRENDI ASSISTINDO DEADPOOL

Entrevista #02 – Caio Weber: “A independência é um ponto fundamental para a criatividade”

Caio Weber é o vocalista da banda Cefa, que dentro do underground é um nome bem forte. Com um EP e um álbum de estúdio, a banda se destaca com suas letras fortes e reflexivas e um peso rockeiro bem presente, e após um hiato voltou nesse segundo semestre para encantar com sua música. Nosso … Continue lendo Entrevista #02 – Caio Weber: “A independência é um ponto fundamental para a criatividade”

A Confissão Belga e sua ênfase nas Escrituras

Para quem não sabe, eu curso teologia pela Escola Teológica Charles Spurgeon. Confesso que entrar para esse curso foi a decisão mais assertiva que fiz nesses últimos anos. Faço o curso online da escola e no mês passado e início deste mês estudei o módulo de Cânones de Dort. Assim como qualquer curso superior, no … Continue lendo A Confissão Belga e sua ênfase nas Escrituras

OS PERIGOS DE UMA VIDA CRISTÃ FORA DOS TEMPLOS

No primeiro texto da série eu falei sobre os perigos de uma vida cristã dentro dos templos exemplificando como a agenda de cultos e o enfado semanal atrapalham, de forma as vezes imperceptível, nossa vida em comunidade. No segundo texto eu continuei esse assunto falando até que ponto uma vida cristã dentro dos templos é … Continue lendo OS PERIGOS DE UMA VIDA CRISTÃ FORA DOS TEMPLOS